PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Na Itália, ministros do G7 se comprometem com 'inovação'

26/09/2017 19h22

VENARIA REALE, 26 SET (ANSA) - A cidade de Venaria Reale, nos arredores de Turim, norte da Itália, recebeu nesta terça-feira (26) a cúpula anual dos ministros da Indústria do G7, grupo que também reúne Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Japão e Reino Unido, além da União Europeia.   

O encontro tratou sobre temas como pequenas e médias empresas, inteligência artificial e cibersegurança. "A inovação atrai, mas assusta, como ocorreu com a globalização. O G7 deve se ocupar destes processos para que a mudança não seja um fim em si mesma, mas sim orientada ao ser humano", declarou o ministro da Indústria da Itália, Carlo Calenda.   

Na declaração final da cúpula, os países participantes se comprometeram a definir as bases para uma "política coordenada" que tenha três prioridades: "inclusão, abertura e segurança". "A transformação à qual estamos assistindo tem o potencial para efeitos duradouros sobre a produtividade, o emprego, o crescimento econômico, o bem-estar e o ambiente", diz o documento.   

A Itália preside o G7 em 2017 e já recebeu, no fim de maio, o encontro dos chefes de governo do grupo, que ocorreu em Taormina, na Sicília. Além disso, ao longo do ano, diversas cidades do país têm organizado as reuniões ministeriais, como Venaria Reale, que ainda nesta semana sediará as cúpulas das pastas de Ciências e Trabalho. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional