PUBLICIDADE
Topo

Internacional

UE critica entraves em negociações do 'Brexit'

26/09/2017 11h16

LONDRES, 26 SET (ANSA) - O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, se reuniu nesta terça-feira (26) com a premier britânica, Theresa May, em Londres, e cobrou avanços nas negociações sobre a saída do Reino Unido da União Europeia, o chamado "Brexit".   

Para Tusk, há ainda "progressos insuficientes" nos debates e que, por causa disso, não é possível pensar na futura relação entre as partes após o processo de saída, que deve terminar em março de 2019.   

No entanto, o líder europeu destacou que os representantes dos dois lados "estão trabalhando e vão continuar" a buscar soluções para os impasses. Segundo ele, a conversa com May nesta terça-feira foi "apenas um almoço de trabalho" e que não foram aprofundados temas pertinentes às negociações.   

O presidente do Conselho ainda afimou que está "moderadamente otimista" com as negociações.   

Desde a notificação formal do Reino Unido à UE - e após as eleições britânicas - foram realizadas três reuniões para debater o processo do Brexit. Os líderes das negociações estabeleceram que os três primeiros assuntos que precisavam ser resolvidos seriam a questão da cidadania após a saída, o valor da conta do "divórcio" e os pontos referentes à paz na Irlanda.   

Tirando o último ponto, que está bem avançado, as duas primeiras questões resultaram em pontos de vista completamente diferentes.   

Além disso, no último dia 22, May foi a Florença, na Itália, e fez um discurso formalizando a proposta de um "período transitório" de dois anos para as relações pós-Brexit. Por legislação, a negociação de um país do bloco deve durar dois anos, sendo prorrogado somente com a autorização de ambas as partes. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional