Cogitado no Milan, Ancelotti só voltará a trabalhar em 2018

JERUSALÉM, 02 OUT (ANSA) - Cogitado para assumir o Milan e até a seleção da Itália, o técnico Carlo Ancelotti disse nesta segunda-feira (2) que só pretende voltar a trabalhar na próxima temporada.   


Demitido recentemente do Bayern de Munique, o treinador italiano conversou com jornalistas em Jerusalém, aonde viajou a convite de uma ONG que promove a prática esportiva de crianças e adolescentes na cidade.   


"Pelos próximos 10 meses, vou descansar. Ou seja, nada de outra equipe", declarou Ancelotti, que vinha sendo especulado para substituir o cada vez mais pressionado Vincenzo Montella no Milan, clube que treinou entre 2001 e 2009.   


O time rossonero ainda não conseguiu deslanchar no Campeonato Italiano e ocupa apenas a sétima colocação no torneio, nove pontos atrás do líder Napoli. Ancelotti também já foi cogitado para assumir a seleção da Itália, hoje comandada por Gian Piero Ventura.   


Tetracampeã mundial, a Azzurra não apresentou ainda um bom futebol com seu atual técnico e provavelmente terá de disputar a repescagem das Eliminatórias para chegar à Copa do Mundo de 2018. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos