Papa chama tiroteio em Las Vegas de 'tragédia sem sentido'

CIDADE DO VATICANO, 2 OUT (ANSA) - O papa Francisco afirmou que o tiroteio em um show em Las Vegas é "uma trágedia sem sentido" e contou que está "profundamente triste" com o ataque, que deixou mais de 50 mortos e 400 feridos. Em um telegrama enviado ao bispo de Las Vegas, monsenhor Joseph Anthony Pepe, o líder católico disse "rezar pelos feridos e todos que foram mortos". "Profundamente triste com a notícia do tiroteio em Las Vegas, o papa Francisco assegura sua proximidade espiritual a todos os atingidos por essa tragédia sem sentido", diz a nota, enviada pelo secretário de Estado do Vaticano, cardeal Pietro Parolin. Um atirador, o americano Stephen Paddock, de 64 anos, atirou nesta madrugada (2) contra o público do "Route 91 Harvest Festival", um festival de música country que ocorria na Las Vegas Strip. O agressor alvejou o público de dentro do seu quarto, no 32º andar do Mandalay Bay Casino. Ele se matou quando os policiais chegaram ao local, mas ainda não se sabe o motivo do ataque.   

A polícia de Las Vegas confirmou que ao menos 50 pessoas morreram e 400 ficaram feridas. O episódio é o mais sangrento ataque de arma de fogo na história dos Estados Unidos. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos