Tiroteio em show em Las Vegas deixa 20 mortos e 100 feridos

LAS VEGAS, 2 OUT (ANSA) - Ao menos 20 pessoas morreram e 100 ficaram feridas nesta madrugada (2), em um tiroteio em Las Vegas, nos Estados Unidos. Um homem, que foi abatido pela polícia, abriu fogo contra o público de um show de música country no cassino Mandalay Bay, mas a polícia descartou que seja um atentado terrorista.   

O atirador estava no 32º andar do cassino quando começou a disparar. O concerto musical ocorria do lado de fora do hotel e era assistido por cerca de 40 mil pessoas.   

No momento do ataque, o cantor Jason Aldean se apresentava no palco. "Foi horrível, muito pior do que qualquer pesadelo", relatou o artista, que continuou cantando por 45 segundos logo depois dos disparos.   

"Escutamos diversos tiros de arma automática", disseram testemunhas.   

O atirador, morto pela polícia, é um homem branco de 64 anos, de acordo com a emissora "ABC News". A polícia de Las Vegas está, agora, procurando uma mulher de origem asiática de 62 anos que viveria na mesma casa que o atirador.   

Mary Lou Danley nasceu em 12 de outubro de 1954 e sua foto já foi divulgada pela polícia para facilitar as buscas. Além dela, os agentes procuram por dois veículos, um Hyndai e um Chrysler Pacifica, ambos registrados em nome do atirador. "Neste momento, não podemos considerar o tiroteio como um ato terrorista", informou a polícia. "Parece, por hora, uma ação de um 'lobo solitário'". Localização: O Mandalay Bay Cassino fica na região próxima ao aeroporto McCarran de Las Vegas. O trânsito na zona foi fechado pela polícia, assim como o cassino, que permance totalmente bloqueado. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos