Trio leva Nobel de Medicina por estudo sobre relógio biológo

ROMA, 2 OUT (ANSA) - Três cientistas norte-americanos venceram nesta segunda-feira (2) o prêmio Nobel de Medicina e Fisiologia de 2017, escolhido pelo Instituto Karolinska, na Suécia. Jeffrey C. Hall, Michael Rosbash e Michael W. Young venceram a premiação por suas descobertas sobre os mecanismos moleculares que controlam o ritmo circadiano, que é uma espécie de relógio biológico interno que regula o metabolismo dos seres humanos.   

O ritmo se adapta à fisiologia da pessoa, influenciando no sono, comportamento, níveis hormonais e temperatura corporal. Ele também é chamado de ciclo vigília-sono.   

"Desde as descobertas seminais dos três laureados, a biologia circadiana se desenvolveu em um vasto e altamente dinâmico campo de pesquisas, com complicações para nossa saúde e bem estar.   

Suas descobertas explicam como as plantas, animais e humanos adaptam seus ritmos biológicos de forma a sincronizar com as revoluções da Terra.", declarou o comitê do Nobel.   

O prêmio Nobel de Medicina e Fisiologia é o primeiro se uma série nesta temporada de 2017. Ainda nesta semana serão anunciados os vencedores dos prêmios de física, química e da paz.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos