Autor de ataque em Marselha tinha passagem pela Itália

ROMA, 03 OUT (ANSA) - O tunisiano Ahmed Hanachi, autor de um ataque que matou duas jovens em Marselha, no sul da França, no último domingo (1º), residiu durante alguns anos na Itália e até chegou a se casar com uma cidadã do país.   

As revelações sobre o passado do agressor motivaram a abertura de um inquérito pela Procuradoria da República em Roma por "associação com finalidade de terrorismo". O objetivo da investigação é jogar luz sobre a rede de contatos de Hanachi na Itália e descobrir eventuais cúmplices.   

O tunisiano entrara no país em 2006, dois anos antes de se casar com uma italiana residente em Aprilia, cidade de 74 mil habitantes situada na região do Lazio, no centro da península.   

Ambos tinham passagens pela polícia por crimes contra o patrimônio e tráfico de drogas, mas nunca haviam levantado suspeitas de radicalização - o ataque em Marselha foi reivindicado pelo Estado Islâmico (EI).   

"Ele não parecia radicalizado. Tinha modo e estilo de vida ocidentais", disse uma pessoa que conhecera Hanachi em Aprilia.   

O casal se separou em 2013 e, pouco tempo depois, deixou a Itália: a mulher partiu com outro homem para o norte da África, enquanto o tunisiano se mudou para a França, onde tinha um familiar em Marselha, segunda maior cidade do país.   

Nesta terça-feira (3), a polícia francesa prendeu quatro pessoas ligadas ao agressor na metrópole, mas não divulgou suas identidades nem os motivos das detenções.   

O ataque ocorreu na estação Saint-Charles, onde Hanachi, 30 anos, esfaqueou duas primas de 20 e 21. Segundo testemunhas, o homem, que foi morto por militares, gritava "Allahu Akbar" ("Deus é grande" em árabe).   

Apesar da reivindicação do Estado Islâmico, a França ainda não confirma a ligação entre o grupo e Hanachi e sequer que o ataque tenha sido um ato de terrorismo. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos