Brasil enfrenta Bolívia visando quebrar tabu de 32 anos

SÃO PAULO, 05 OUT (ANSA) - Já classificado para a Copa do Mundo de 2018, o Brasil enfrentará nesta quinta-feira (5) a seleção da Bolívia, no estádio Hernando Siles, em La Paz. A partida será válida pela penúltima rodada das Eliminatórias sul-americanas.   


A altitude de 3.640 metros é a grande preocupação da seleção brasileira para confrontar os já eliminados bolivianos. Jogando em casa, a Bolívia venceu nestas eliminatórias o Chile e a Argentina. Caso o time de Tite vença, o Brasil quebrará um jejum de 32 anos sem vitórias em solo boliviano. Brasil Na liderança das Eliminatórias com 37 pontos, o Brasil perdeu somente uma partida no torneio, diante do Chile, em 2015, quando Dunga era ainda o treinador da seleção brasileira. Com Tite sob o comando, o Brasil perdeu apenas uma partida, o amistoso diante da Argentina em junho deste ano. O último treino da seleção brasileira foi em boa parte fechado, mas Tite não escondeu o time que vai encarar a Bolívia. A principal mudança entre os 11 titulares é na defesa, pois Thiago Silva irá entrar no lugar de Marquinhos, companheiros de equipe no PSG.   


O atacante Philippe Coutinho volta no lugar de William. Já Alex Sandro ficará na lateral-esquerda para substituir Marcelo, que está lesionado.   


Após o jogo contra a Bolívia, o Brasil irá encerrar sua participação nas Eliminatórias sul-americanas no dia 10 diante do Chile, no Allianz Park, em São Paulo.   


Bolívia Os bolivianos estão na vice-lanterna das Eliminatórias, com 13 pontos, e vão ter que esperar a próxima Copa do Mundo para tentar acabar com o jejum de seis mundiais sem sua presença.   


O jogo para a seleção boliviana será mais festivo do que competitivo. Pois um dos maiores jogadores da história da Bolívia, o zagueiro Ronald Raldes, de 36 anos, fará provavelmente sua despedida da seleção na partida diante do Brasil.   


A campanha da Bolívia nestas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, teve mais destaque nos acontecimentos extra campo. A Federação Boliviana de Futebol (FBF) enfrenta uma grave crise, trocou de presidente quatro vezes e mudou de técnico em três oportunidades.   


Na última rodada, no estádio Centenário, em Montevidéu, a seleção boliviana irá enfrentar o Uruguai, no dia 10.   


Prováveis escalações Brasil: Alisson; Alex Sandro, Miranda, Thiago Silva, Daniel Alves; Casemiro, Renato Augusto, Paulinho; Neymar, Coutinho, Gabriel Jesus. Técnico: Tite.   


Bolívia: Lampe; Valverde, Gutierrez, Raldes; Bejarano, Machado, Justiniano, Arce, Peñaloza; Marcelo Moreno, Fierro. Técnico: Mauricio Soria. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos