Argentina corre o risco de ficar de fora da Copa do Mundo

SÃO PAULO, 6 OUT (ANSA) - Alemanha e Inglaterra venceram e se classificaram para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, após os jogos das Eliminatórias desta última quinta-feira (5). Mas a Argentina não saiu de um empate contra o Peru e corre sérios riscos de não participar do próximo mundial.   


As Eliminatórias para a Copa do Mundo trouxeram muitas surpresas, já que diversas seleções de menor expressão estão brigando por uma vaga no mundial de 2018, como Síria, Islândia e Burkina Faso. No entanto, a competição está deixando grandes países em risco de não participarem, como a Itália, Holanda e Argentina.   


Com algumas vagas ainda em aberto, as seleções europeias e sul-americanas vão para o tudo ou nada na última rodada do torneio.   


Até o momento, 10 seleções estão classificadas para a Copa do Mundo: Rússia, Alemanha, Bélgica, Inglaterra, Irã, Coreia do Sul, Japão, Arábia Saudita, México e Brasil.   


Eliminatórias sul-americanas: Cinco jogos agitaram a penúltima e importantíssima rodada das Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo. Restando quatro vagas para o continente no Mundial da Rússia, sete países entraram em campo precisando pontuar. No entanto, algumas delas não cumpriram seu dever de casa.   


O já classificado Brasil e a eliminada Bolívia abriram a rodada com um empate sem gols. A seleção brasileira parou na ótima partida do goleiro Carlos Lampe e não conseguiu balançar as redes bolivianas. O resultado mantém o jejum de 32 anos sem vencer os bolivianos em seu território.   


O Uruguai entrou em campo precisando de uma simples vitória contra a lanterna Venezuela para se classificar para a Copa do Mundo, contudo, a seleção uruguaia não saiu do zero diante dos venezuelanos.   


Já a Argentina viu sua situação ficar complicada. Mesmo com o estádio La Bombonera lotado, os argentinos bem que tentaram, mas não conseguiram sair do zero diante do Peru e agora veem sua participação para a Copa do Mundo ameaçada. Na sexta colocação e fora da zona de classificação, a Argentina precisa vencer na última rodada o Equador, na altitude de Quito, e torcer para que seus concorrentes diretos percam.   


Nas outras partidas, o Paraguai ganhou uma sobrevida ao derrotar por 2 a 1 a Colômbia; Pelo mesmo resultado, o Chile arrancou uma vitória importante sobre o Equador, eliminando as chances dos equatorianos de se classificarem para a Copa do Mundo Eliminatórias Europeias: Na Europa, os grupos estão disputados e muitos deles vão decidir as vagas aos playoffs e para a Copa do Mundo somente na última rodada.   


Na rodada de ontem (5), o destaque foi para Alemanha e Inglaterra, que venceram a Irlanda do Norte e a Eslovênia, respectivamente, e garantiram uma vaga na Copa do Mundo de 2018.   


Nos outros jogos, a suada vitória da Dinamarca sobre Montenegro, por 1 a 0, deixou os dinamarqueses com chances de alcançar uma vaga direta para a Copa do Mundo. No mesmo grupo, a Polônia goleou a Armênia por 6 a 1 e precisa só de um simples empate na última rodada para se classificar ao mundial na liderança da chave E.   


Eliminatórias asiáticas: Na Ásia está tudo definido, a briga mesmo é pela a seleção que irá se classificar para a repescagem da Copa do Mundo. O classificado enfrentará um país da América do Norte por uma vaga ao próximo mundial.   


Síria e Austrália empataram em 1 a 1 na cidade de Melaka. Os australianos abriram o placar com Robbie Kruse, no primeiro tempo. Já no final do jogo, de pênalti, Omar Al Somah marcou aos sírios. O segundo e definitivo jogo será em Sydney, na próxima terça-feira (10).(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos