Campanha contra armas nucleares vence Prêmio Nobel da Paz

ROMA, 6 OUT (ANSA) - Uma campanha internacional que luta pela abolição das armas nucleares venceu nesta sexta-feira (6) o Prêmio Nobel da Paz de 2017. Intitulada de Ican, a organização não estava entre os favoritos à laurea e concorreu com o papa Francisco.   

A página na internet da Campanha Internacional para o Banimento das Armas Nucleares (Ican) chegou a sair do ar devido ao grande número de acessos. O anúncio do prêmio fora feito em Oslo, na Noruega.   

O comitê do Nobel informou que premiou a Ican "pelo seu papel em destacar as catastróficas consequências de qualquer utilização de armas nucleares e por seus esforços inovadores para se alcançar um tratado de proibição destas armas".   

A Ican é uma organização não-governamental fundada em 2007 e formada por 406 apoiadores de 101 países. "O Nobel da Paz é uma mensagem aos Estados que possuem armas nucleares", comentou a diretoria da Ican após anúncio do prêmio.   

A cerimônia de entrega do Nobel ocorrerá em 10 de dezembro.   

A escolha é uma resposta estratégica à ameaça de uma guerra nuclear entre Estados Unidos e Coreia do Norte. Ao longo do ano, o regime de Pyongyang intensificou seus testes nucleares e anunciou ter construído a bomba H, de hidrogênio, com alta capacidade de destruição. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos