Governo Trump revogará plano Obama sobre Energia Limpa

NOVA YORK, 10 OUT (ANSA) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, vai revogar o plano de seu antecessor, o democrata Barack Obama, voltado para a redução das emissões de gases causadores do efeito estufa, anunciou o diretor da Agência de Proteção Ambiental (EPA), Scott Pruitt, nesta segunda-feira (9).   

"Vou assinar uma proposta para acabar com o Clean Poower Plan (Plano de Energia Limpa) da admnistração passada", disse Pruitt em um evento político em Kentucky, se referindo ao plano que impõe a redução nas emissões de CO2 das centrais térmicas do país.   

Desde que foi promulgado, em 2015, o projeto tinha o objetivo de reduzir as emissões de dióxido de carbono (CO2) nos Estados Unidos a partir das usinas de energia, com reduções previstas de 32% para 2030 em relação a 2005.   

O Plano de Energia Limpa promovido por Obama requer que os estados norte-americanos cumpram padrões específicos. Em março, Trump ordenou que Pruitt reescrevesse o projeto, classificado pelo ex-presidente como "o mais importante passo que alguma vez demos para combater as alterações climáticas".   

Para Pruitt, "a administração passada estava usando cada pedacinho de poder e autoridade para usar a EPA para escolher vencedores e perdedores e a forma como geramos eletricidade neste país. Isso é errado".   

Segundo o documento de revogação, a EPA acredita que as regras do governo anterior ultrapassam o permitido para uma lei federal ao emitir padrões de emissão que as usinas não conseguiriam cumprir de maneira razoável.   

Se o plano tivesse entrado em vigor, teria provocado o fechamento de muitas das usinas a carvão mais antigas e mais poluentes. No entanto, está bloqueado pela Justiça desde fevereiro de 2016, a pedido de cerca de trinta estados, em sua maioria republicanos, quando o Supremo Tribunal dos Estados Unidos interrompeu sua implementação até que os tribunais pudessem decidir se ele era legalmente válido.   

A agência ainda deve determinar se criará uma regra adicional sobre o regulamento dos gases de efeito estufa. No governo Obama, a EPA calculou que o Plano de Energia Limpa poderia prevenir de 2, 7 mil a 6,6 mil mortes prematuras e de 140 mil a 150 mil ataques de asma em crianças.   

Os Estados Unidos são o segundo maior emissor de gases de efeito estufa do mundo, depois da China. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos