Defesa de Battisti diz que revisão de Temer é 'impossível'

SÃO PAULO 11 OUT (ANSA) - A defesa de Cesare Battisti afirmou nesta quarta-feira (11) que "não é mais possível, pelo decurso do prazo e por não se verificar qualque vício na decisão", rever a deliberação presidencial do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.   

A declaração ocorre poucas horas depois da imprensa brasileira noticiar que o presidente Michel Temer decidiu revogar a condição de refugiado de Battisti.   

Procurado pela ANSA, o advogado do italiano, Igor Sant'Anna Tamasauskas, disse, por meio de nota, que a defesa precisa se manifestar antes de qualquer decisão sobre o caso e que "a prescrição da pretensão punitiva pelos crimes a ele [Battisti] imputados no país de nascimento impede a extradição".   

Por fim, Tamasauskas afirmou que confia que Temer irá "respeitar as normas brasileiras, mesmo diante de tantas propaladas pressões políticas internas e externas". (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos