Padre italiano é sequestrado na Nigéria

ROMA, 13 OUT (ANSA) - Um sacerdote italiano da diocese de Roma, Maurizio Pallù, foi sequestrado nos arredores de Benin City, município de 1,5 milhão de habitantes situado no sul da Nigéria, na última quinta-feira (12).   

Segundo as primeiras informações, o padre viajava ao lado de mais quatro pessoas quando foi parado por um bando armado. Os criminosos roubaram os pertences das vítimas e raptaram o sacerdote, que está em missão no país africano há três anos.   

A unidade de crise do Ministério das Relações Exteriores da Itália já foi acionada, e o grupo antiterrorismo da Procuradoria da República em Roma abriu um inquérito para investigar o caso.   

País mais populoso da África, a Nigéria abriga uma das mais violentas milícias jihadistas do continente, o Boko Haram, mas o grupo costuma concentrar suas ações no norte da nação, de maioria muçulmana, embora também realize ataques no sul, cristão. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos