Incêndios atingem Portugal e Espanha e deixam 30 mortos

LISBOA E MADRID, 16 OUT (ANSA) - Pelo menos 30 pessoas morreram nos incêndios que atingiram a Espanha e Portugal desde ontem, segundo informaram as autoridades locais nesta segunda-feira (16).   

De acordo com a porta-voz da Autoridade Nacional de Proteção Civil, Patrícia Gaspar, 27 das 30 vítimas foram registradas em Portugal. Além disso, 51 pessoas ficaram feridas, sendo 15 em estado grave. Mesmo as autoridades não conseguindo acessar algumas regiões, a expectativa é que o número de mortes não suba.   

As vítimas foram registradas nos distritos de Coimbra, Guarda, Castelo Branco e Viseu, todos no centro do país, que já registrou mais de 500 focos de incêndio.   

As autoridades de ambos países emitiram alerta vermelho, pois as chamas estão sendo alimentadas pelos fortes ventos, de cerca de 130 Km/h, causados pelas passagem do furacão Ophelia.   

Na Espanha, os serviços de emergência registraram pelo menos três mortes, sendo duas mulheres e um homem. Elas foram encontradas por bombeiros dentro de um carro queimado em uma estrada na Galícia, província localizada no noroeste do país. Já o homem, com cerca de 70 anos, morreu enquanto tentava salvar animais em sua fazenda.   

O novo incêndio em Portugal ocorre quatro meses depois da tragédia que atingiu Pedroógrão Grande, no centro do país, onde as chamas provocaram a morte de 64 pessoas de deixaram mais de 250 feridas. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos