Série de ataques mata mais de 70 no Afeganistão

CABUL, 17 AGO (ANSA) - Uma série de ataques do grupo fundamentalista islâmico Talibã deixou pelo menos 76 mortos e quase 200 feridos em quatro províncias do Afeganistão nesta terça-feira (17).   

O atentado mais grave atingiu um centro de treinamento policial em Paktia e matou 48 pessoas, além de ter ferido 158. A ação começou com a explosão de dois carros-bomba e prosseguiu com tiroteios entre milicianos e as forças de segurança.   

Já na província de Ghazni, o balanço de um ataque semelhante contra uma delegacia totaliza 25 falecidos e 30 feridos. As outras três pessoas morreram em ofensivas dos insurgentes nas províncias de Maidan-Wardak e Farah.   

Tirado do poder pela invasão norte-americana de 2001, o Talibã segue ativo até hoje e comete recorrentes ataques no Afeganistão. Os Estados Unidos ainda mantêm cerca de 10 mil soldados no país e estudam aumentar o contingente para conter o grupo fundamentalista.   

Os conflitos na nação asiática já geraram uma população de 1,8 milhão de deslocados internos e espalharam cerca de 2,5 milhões de refugiados pelo mundo (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos