NFL autoriza protesto de jogadores durante hino

ROMA, 18 OUT (ANSA) - A National Football League (NFL) decidiu nesta quarta-feira (18) que os jogadores da principal liga de futebol americano do país podem se ajoelhar durante a execução do hino nacional sem sofrer nenhuma punição.   


O posicionamento foi tomado após uma reunião em Nova York entre os representantes das 32 equipes que disputam a NFL. A medida da entidade, que administra a liga esportiva mais popular dos EUA, contraria o desejo do presidente Donald Trump, que pediu para os times da NFL demitirem atletas que protestassem durante o hino. Em resposta à decisão da National Football League, o republicano escreveu em sua conta no Twitter que a medida é uma "total falta de respeito" pelos Estados Unidos.   


A manifestação silenciosa dos jogadores começou no ano passado, em protesto contra a violência policial contra minorias raciais, mas ganhou uma nova proporção após a hesitação de Trump em criticar supremacistas brancos. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos