Auxílio-desemprego nos EUA atinge menor nível em 44 anos

WASHINGTON, 19 OUT (ANSA) - O número de pedidos de auxílio-desemprego nos Estados Unidos recuou 22 mil na última semana e atingiu o total de 222 mil, menor indíce desde 31 DE março de 1973, informou nesta quinta-feira (19) o Departamento do Trabalho norte-americano.   

De acordo com os dados, a queda foi provocada pela falta de energia em Porto Rico e nas Ilhas Virgens causada pela passagem dos furacões Irma e Maria. Muitos trabalhadores que precisavam fazer o pedido tiveram que realizar a solicitação por meio de fichas de papel.   

Mesmo com a interrupção do servidores, no mês passado, o número de pedidos de auxílio-desemprego subiu nos dois territórios. Já na Califórnia, nas próximas semanas, a quantidade de solicitações também pode aumentar devido a série de incêndios que atingiram a região.   

De qualquer maneira, o indíce norte-americano segue perto das mínimas históricas, o que representa um mercado sólido e saudável.   

Por sua vez, o desemprego dos Estados Unidos recuou a 4,2% em setembro, taxa mais baixa desde o início de 2001. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos