Tiroteio em escola de Goiás deixa ao menos 2 mortos

SÃO PAULO, 20 OUT (ANSA) - Um adolescente de 14 anos matou dois estudantes e deixou ao menos quatro feridos após realizar um ataque a tiros no Colégio Goyases, em Goiás, nesta sexta-feira (20).   


De acordo com as autoridades locais, o crime ocorreu por volta das 11h50 na instituição localizada no Conjunto Riviera, em um bairro de classe média de Goiânia. O adolescente, que cursa o 8º ano do colégio, é filho de militares e usou a arma da corporação para atirar nos colegas durante o intervalo.   


Logo após a professora deixar a sala de aula, o jovem tirou da mochila uma pistola calibre 40 e fez os disparos. Em seguida, quando se preparava para recarregar o revólver, foi impedido por alunos e professores.   


Os feridos - três meninos e uma menina - possuem entre 12 e 13 anos. João Vitor Gomes e João Pedro Calembo, cujas idades não foram reveladas, morreram no local.   


Segundo relatos de fontes, o estudante supostamente sofria "bullying" dos colegas de sala, o que pode ser um dos motivos pelo qual o jovem realizou o ataque.   


O atirador foi apreendido por policiais militares e levado para a Delegacia de Polícia de Apuração de Atos Infracionais (Depai), responsável pela investigação e apreensão de adolescentes.   


De acordo com o coronel Marcelo Granja, o pai do adolescente vai prestar informações à corregedoria da Polícia Militar sobre como o filho teve acesso à arma. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos