PUBLICIDADE
Topo

Canal pró-EI usa Messi em cartaz de ameaça à Copa de 2018

24/10/2017 17h36

SÃO PAULO, 24 OUT (ANSA) - A Wafa' Media Foundation, órgão de propaganda jihadista próximo ao Estado Islâmico (EI), usou uma foto do argentino Lionel Messi em um pôster de ameaça contra a Copa do Mundo de 2018, que será disputada na Rússia.   


A imagem mostra o craque atrás de grades, com roupa de prisioneiro e um dos olhos sangrando, ao lado da frase "Você está lutando contra um Estado que não tem 'fracasso' em seu dicionário'". Além disso, o cartaz diz "Apenas terrorismo".   


No último dia 20, a Wafa' já havia divulgado um pôster que reproduz um jihadista observando o estádio Luzhniki, em Moscou, que receberá partidas da Copa, com a frase: "Inimigos de Alá na Rússia, eu juro que o fogo dos mujahideen queimará vocês, apenas esperem".   


A Rússia não integra a coalizão internacional anti-EI, mas luta contra o grupo terrorista ao lado do regime de Bashar al Assad.   


(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.