Topo

Piemonte pede estado de emergência por incêndios

2017-10-27T14:12:00

27/10/2017 14h12

TURIM, 27 OUT (ANSA) - O presidente da região italiana do Piemonte, Sergio Chiamparino, pediu nesta sexta-feira (27) a declaração de estado de emergência por causa dos incêndios que já devastaram cerca de 2 mil hectares de vegetação na zona metropolitana de Turim e na província de Cuneo.   

A solicitação foi endereçada ao gabinete do primeiro-ministro da Itália, Paolo Gentiloni, e ao chefe do Departamento de Proteção Civil do país, Angelo Borrelli. "Infelizmente, não se vê nenhuma melhora significativa das condições, então permanece o estado de máximo alerta até o início da semana que vem", disse Chiamparino.   

Cerca de 50 equipes do Corpo de Bombeiros estão empenhadas no combate aos incêndios, além de quatro aviões modelo Canadair e um helicóptero. Por conta da fumaça, a Prefeitura de Turim decidiu revogar restrições a veículos poluentes, a fim de "não limitar a liberdade de deslocamento das pessoas".   

No entanto, o governo do Piemonte garantiu que a fumaça provocada pelas chamas ainda não representa risco para a saúde.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.