Trump estuda mandar terrorista de NY para Guantánamo

WASHINGTON, 01 NOV (ANSA) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pedirá para o Congresso começar "imediatamente" a trabalhar para encerrar a chamada "loteria de vistos", que beneficiou o autor do atentado da última terça-feira em Nova York, Sayfullo Saipov.   

"Tomarei todas as medidas necessárias para proteger nosso povo", garantiu o magnata, que chamou o agressor de "animal". Trump também disse que estudará a possibilidade de mandar Saipov para a prisão de Guantánamo, alvo de denúncias de violações de direitos humanos e a qual Barack Obama tentou fechar, sem sucesso. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos