Reino Unido nomeia Gavin Williamson como ministro de Defesa

LONDRES, 2 NOV (ANSA) - O atual chefe do comitê disciplinar da bancada conservadora no parlamento do Reino Unido, Gavi Williamson, foi nomeado nesta quinta-feira (2) como o novo ministro da Defesa após Michael Fallon renunciar ao cargo depois de ser acusado de assédio sexual.   

Nesta semana, o ministro pediu desculpas por, em 2002, durante um jantar, passar a mão insistentemente no joelho da jornalista Julia Hartley-Brewer. A própria repórter minimizou o caso e disse que é uma questão já resolvida entre eles.   

No entanto, o nome de Fallon foi incluído em um dossiê sobre condutas inadequadas de cerca de 40 deputados do Partido Conservador, incluindo secretários e outros membros do alto escalão do governo de Theresa May.   

O novo responsável de Defesa, deputado pelo distrito de South Staffordshire desde o ano de 2010, nunca esteve à frente de um ministério até agora.   

Após tomar conhecimento de sua nomeação, Williamson se recusou a fazer declarações aos jornalistas que o esperavam na saída de Downing Street, escritório e residência oficial da chefe do Executivo. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos