Antes de ir para Ásia, Trump não descarta reunião com Putin

WASHINGTON, 3 NOV (ANSA) - Antes de embarcar para uma viagem pela Ásia, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, informou que poderá se reunir com seu homólogo russo, Vladimir Putin, novamente.   

Nesta sexta-feira (3), Trump disse aos jornalistas que "Putin é muito importante porque pode nos ajudar com a Coreia do Norte, pode nos ajudar com a Síria".   

A reunião bilateral pode acontecer entre os dias 8 e 10 de novembro, quando ambos os líderes estarão no Vietnã para a reunião da Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (Apec). Anteriormente, a Casa Branca também ventilou a possibilidade dos dois presidentes se reunirem.   

Na Ásia, Trump visitará vários países e deve ter como foco a crise com a Coreia do Norte. Estão programadas etapas no Japão, China, Coreia do Sul, Vietnã e Filipinas, com retorno para Washington marcada para o dia 15 de novembro. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos