Mourinho presta depoimento sobre acusação de evasão fiscal

ROMA, 03 NOV (ANSA) - Após ser denunciado em junho por um suposto crime de evasão fiscal, o técnico português José Mourinho foi ouvido nesta sexta-feira (3) por um tribunal de Pozuelo de Alarcón, na Espanha.   


De acordo com o treinador do Manchester United, ele não sabia dos problemas com a Justiça e afirmou que a situação foi toda regularizada após ter pago todos os valores que estava devendo.   


"Parti da Espanha em 2013 com a convicçãode que a minha situação tributária estava regularizada. Alguns anos mais tarde, foi aberto um processo onde fui investigado e, para regularizar a minha situação, eu tinha que pagar. No julgamento, não contestei, não discuti, paguei e assinei o que me foi pedido. O caso está fechado", explicou Mourinho.   


O português é acusado de dois crimes contra a Fazenda entre os anos de 2011 e 2012 que somam cerca de 3,3 milhões de euros (cerca de R$ 12,1 milhões). Na época, o treinador estava à frente do Real Madrid.   


Mourinho não é o único que possui problemas fiscais na Espanha.   


Além dele, Cristiano Ronaldo, Lionel Messi, Neymar e Marcelo estão e/ou estiveram entre as estrelas do futebol que foram alvos de ações da Justiça espanhola. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos