Governador do Texas confirma 26 mortos em tiroteio

WASHINGTON, 05 NOV (ANSA) - Ao menos 26 pessoas morreram em um tiroteio em uma igreja batista de Sutherland Springs, comunidade rural situada no estado norte-americano do Texas, neste domingo (5).   

O balanço foi divulgado pelo governador texano, Greg Abbott, que chamou o ataque de "ato maligno" e alertou que o número pode subir. As vítimas tinham entre cinco e 72 anos de idade, incluindo a filha do pastor da igreja, de 14.   

Segundo a imprensa norte-americana, o atirador foi identificado como Devin Kelley, um homem de 26 anos com experiência militar.   

Ele chegou ao local dos disparos em um carro, vestido de preto e com um colete à prova de balas.   

Com um fuzil de assalto, o agressor entrou no templo batista durante um culto e abriu fogo aleatoriamente contra os fiéis.   

Ele também morreu, mas ainda não se sabe em quais circunstâncias. Em seu veículo, foram encontradas outras armas.   

"Deus esteja com o povo de Sutherland Springs, Texas. O FBI e as forças de segurança estão no local. Eu monitoro a situação a partir do Japão", escreveu no Twitter o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.   

O tiroteio acontece pouco mais de um mês depois de Stephen Paddock ter matado 58 pessoas em um festival country em Las Vegas, disparando de seu quarto em um hotel cassino. A tragédia reacendeu o debate sobre o acesso a armas de fogo nos Estados Unidos, tema que deve se manter na pauta do país após os disparos no Texas. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos