Bélgica marca para semana que vem 1ª audiência de Puigdemont

ROMA, 6 NOV (ANSA) - O ex-presidente catalão Carles Puigdemont não poderá deixar o território da Bélgica e deverá comparecer à sua primeira audiência judicial no dia 17 de novembro, informou a imprensa local nesta segunda-feira (6).   

Puigdemont se entregou à polícia em Bruxelas, mas foi solto na noite de ontem (5), após passar por um interrogatório. O juiz que acompanha o pedido de extradição da Espanha determinou que ele fique na Bélgica, tenha seu passaporte entregue às autoridades e informe seu local de domicílio; As medidas cautelares valem também para quatro de seus ex-ministros, os quais passaram por interrogatório junto com Puigdemont, informou o jornal "La Vanguardia".   

Puigdemont foi destituído de seu cargo e denunciado pelo procurador espanhol Juan Manuel Maza em 27 de outubro, em meio à crise política com o governo central de Madri devido ao referendo de independência da Catalunha.   

Ele e os quatro secretários se apresentaram voluntariamente a uma delegacia de Bruxelas e ficaram sob custódia por 14 horas.   

Puigdemont tinha buscado refúgio na Bélgica após ter sido afastado do seu cargo. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos