Polícia descarta terrorismo em atropelamento na França

PARIS, 10 NOV (ANSA) - A polícia francesa descarta que o atropelamento de um grupo de estudantes em Blagnac, no sul do país, tenha motivação terrorista.   

Em entrevista à emissora estatal "BFM-TV", o procurador de Toulouse, Pierre-Yves Coilleau, afirmou que a investigação "privilegia a pista de perfil psiquiátrico" do autor. O responsável ainda confirmou que o homem "era conhecido da Justiça" e que ele "foi condenado um dezena de vezes, sendo imposto um tratamento com obrigação de cura".   

No entanto, ele afirmou aos investigadores que planejou a ação "por cerca de um mês". (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos