Austrália promete aprovar lei para casamento gay até o Natal

ROMA E SYDNEY, 15 NOV (ANSA) - Uma pesquisa nacional divulgada ontem (14) constatou que a maioria da população da Austrália apoia o casamento gay. O primeiro-ministro Malcolm Turnbull já anunciou, pelo Twitter, que trabalhará pela aprovação de uma lei que regulamente o matrimônio entre pessoas do mesmo sexo até o fim do ano. "O povo da Austrália se pronunciou e eu pretendo fazer o seu desejo uma lei no país até o Natal. Este é um grande apelo para a igualdade matrimonial", escreveu o político.   

Ao todo, 12,7 milhões de pessoas participaram da pesquisa (o que corresponde a 79,5% dos eleitores habilitados), que fora conduzida por correspondência. Cerca de 61,6% dos entrevistados se disseram favoráveis ao casamento gay, contra 38,4%. Os dados foram apresentados pelo Escritório de Estatísticas da Austrália durante uma coletiva de imprensa em Canberra, ontem.   

A reação da comunidade gay australiana foi imediata. Dezenas de pessoas saíram hoje às ruas, com faixas e camisetas coloridas, para comemorar a decisão do governo e o resultado da pesquisa.   

Caso a lei seja aprovada, a Austrália se tornará o 26º país a formalizar o casamento gay. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos