Sem classificação para Copa, Itália demite técnico Ventura

ROMA, 15 NOV (ANSA) - A Federação Italiana de Futebol (FIGC) anunciou nesta quarta-feira (15) a demissão do técnico Giampiero Ventura, após a seleção da Itália não conseguir se classificar para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia.   


Na última segunda-feira (13), a Azzurra ficou no 0 a 0 com a Suécia, placar que tirou a chance da seleção tetracampeã do mundo se classificar para o torneio. A última vez que a Itália ficou de fora da Copa foi há 60 anos.   


Duramente criticado por jogadores e dirigentes, Ventura não anunciou a própria renúncia e preferiu aguardar uma reunião da FIGC. Ele tinha contrato até 2020 com a seleção italiana, mas condicionado à classificação ao Mundial. "Eu perdi apenas dois jogos em quase dois anos", justificou-se.   


"Eu só posso pedir desculpas aos italianos pelo resultado nas Eliminatórias, mas não pelo meu esforço como técnico", defendeu-se. A demissão de Ventura foi decidida durante uma reunião da FIGC hoje, na qual o presidente da federação, Carlo Tavecchio, confirmou que não abandonará seu cargo, apesar de também estar sendo pressionado. Uma ala de dirigentes da FIGC defende a convocação de novas eleições. Tavecchio também agendou para a próxima segunda-feira uma reunião de conselho para apresentar novas propostas e discutir quem será o técnico da seleção italiana. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos