Mafioso Totò Riina passou 10 dias na UTI após cirurgia

PARMA, 17 NOV (ANSA) - As condições clínicas de Salvatore Totò Riina se agravaram há cerca de 10 dias dentro da repartição para presos do hospital de Parma, informam fontes médicas à ANSA.   

Nesse período, ele foi levado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) até a morte, registrada às 3h37 (hora italiana) desta sexta-feira (17). Ele havia passado por duas cirurgias nas últimas semanas. Até onde se sabe, a primeira vez que o mafioso foi para o hospital ocorreu em 13 de dezembro de 2015. Não está ainda claro, por conta da alta confidencialidade, se os familiares foram até ele nas últimas horas de vida, passadas em coma induzido.   

A Procuradoria de Roma, por sua vez, autorizou a autópsia do corpo de Riina. "A decisão do exame médico foi tomada por tratar-se de uma morte ocorrida em um ambiente carcerário e que pede a completa busca de esclarecimentos, para a garantia de todos", explicou o procurador Antonio Rustico. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos