Turim ajuda ABC a criar projeto de mobilidade urbana

SÃO PAULO, 17 NOV (ANSA) - Por Beatriz Farrugia - A cidade de Turim, na Itália, ajudará os municípios da região paulista do ABC a desenvolver um projeto de mobilidade urbana baseado em sistemas inteligentes de semáforo, para favorecimento do transporte público. Uma delegação italiana visitará o ABC entre fevereiro e março do ano que vem para fazer os estudos de viabilidade para o projeto de mobilidade, que será concluído até outubro de 2018.   


O projeto foi criado no âmbito do Programa Internacional de Cooperação Urbana (IUC) da União Europeia (UE). Com duração de três anos, o programa conecta cidades de todo o mundo e promove um compartilhamento de soluções para problemas em comum. O IUC é uma iniciativa da UE para fomentar o desenvolvimento urbano sustentável. Na semana passada, o presidente do Consórcio Intermunicipal Grande ABC e prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, junto com o secretário executivo da entidade, Fabio Palacio, estiveram em Bruxelas, na Bélgica, para receberem instruções de como credenciar o projeto para receber financiamento europeu.   


"Faremos todos os estudos durante o ano que vem para colocar o projeto no papel. Em outubro, saberemos qual será o custo total e as opções que teremos de financiamento", disse Palacio à ANSA, ressaltando que, além da verba da UE à qual o Consório concorrerá, parcerias público-privadas também são bem-vindas.   


O foco do projeto é a sincronização de semáforos, que permitirá um fluxo mais organizado de veículos privados e públicos, principalmente nas vias e avenidas na divisa dos municípios do ABC. O sistema já foi adotado há anos por Turim, que é a considerada a segunda cidade com melhor mobilidade urbana na Itália. "Tivemos a oportunidade de trocar um conjunto de informações com a representante de Turim, Erica Albarello [chefe de Gabinte da Prefeitura de Turim e representante de projetos internacionais], que no encontro deixou claras as similaridades entre o Grande ABC e Turim. Um dos pontos foi a desindustrialização da cidade, que nas últimas décadas perdeu muitas indústrias e encontra dificuldades de reorganizar esses espaços", explicou o presidente do Consórcio.   


A cidade de Turim foi escolhida estrategicamente pela própria UE, que faz uma análise de todos os municípios inscritos no programa e direciona as parcerias. "Turim tem fortes semelhanças com a região do ABC. É uma zona industrial, com presença de automobilísticas", disse Palacio. Capital da região do Piemonte, Turim é a quarta maior cidade italiana, com cerca de 900 mil habitantes, e onde fica a sede da Fiat. Ao fornecer sua expertise em mobilidade urbana, Turim receberá, em contrapartida, ajuda ABC para criar uma entidade governativa regional, como o Consórcio, que hoje reúne seis Prefeituras (Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra).(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos