Após renúncia, premier libanês encontra Macron na França

PARIS, 18 NOV (ANSA) - O presidente da França, Emmanuel Macron, recebeu neste sábado (18) no Palácio do Eliseu o primeiro-ministro libanês, Saad Hariri, que abandonou o seu cargo desde o início do mês e estava na Arábia Saudita. Hariri entrou na sede da presidência francesa às 12h10 local, após chegar no começo da manhã à capital francesa. O premier foi a Paris a convite de Macron, que está atuando para mediar uma crise política no Líbano.   

Esta é a primeira aparição de Hariri fora da Arábia Saudita desde o estranho anúncio de renúncia realizado no dia 4 de novembro. Nesta sexta-feira (17), Macron disse em Gotemburgo que receberia Hariri "com as honras que merece um primeiro-ministro", porque sua renúncia "não foi reconhecida no seu país, uma vez que ainda não retornou".   

Além disso, o francês antecipou que o premier pretende voltar para o seu país "nos próximos dias ou semanas".   

De acordo com a agência de notícias libanesa "ANN", Hariri informou ao presidente do Líbano, Michel Aoun, que estará presente na Festa da Independência no próximo dia 22 de novembro. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos