Irmão de Messi pode ser preso por porte ilegal de arma

BUENOS AIRES, 1 DEZ (ANSA) - A justiça da Argentina pediu a prisão de Matías Messi, irmão de Lionel Messi, por porte ilegal de arma após a polícia encontrar um revólver dentro de seu barco, informaram as autoridades locais nesta sexta-feira (1).   


O irmão do atacante do Barcelona, de 35 anos, sofreu um acidente de lancha na tarde de ontem (30) e precisou ser hospitalizado. A arma foi localizada pela polícia dentro da embarcação minutos depois. De acordo com o procurador José Luis Caterina, o irmão de Messi será indiciado por posse ilegal de arma, já que o objeto não tem registro e continha inúmeras manchas de sangue.   


No acidente, Matías sofreu fraturas no maxilar e cortou o rosto.   


Ele foi encaminhado para um hospital local, onde deve ser operado, explicou uma declaração da família divulgada pelo canal "C5N". A colisão ocorreu próximo a cidade de Fighiera, na província de Santa Fe, noroeste de Buenos Aires. Esta não é a primeira polêmica em que Matías se envolve. Em 2015, o irmão do atacante da seleção argentina foi detido com uma pistola calibre 22, da qual não tinha autorização. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos