Topo

Papa se reunirá hoje com muçulmanos rohingyas perseguidos

01/12/2017 08h01

DACA, 1 DEZ (ANSA) - O papa Francisco se reunirá hoje (1) com um grupo de 18 pessoas da etnia rohingya, minoria muçulmana que tem sido persguida em Myanmar. O encontro é um dos eventos mais esperados da viagem do líder católico por Myanmar e Bangladesh. Por volta das 9h no horário de Brasília, Jorge Mario Bergoglio receberá três famílias de refugiados do campo de acolhimento de Cox Bazar, o maior de Bangladesh. Com a fuga de Myanmar, a maioria dos rohingya procurou refúgio no país vizinho. As perseguições contra os rohingya, praticada pelo Exército de Myanmar, tem gerado uma crise humanitária na região. O papa Francisco já fez dezenas de apelo contra a violência e pela proteção do povo rohingya. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.