Rebeldes houthis confirmam morte de ex-ditador do Iêmen

BEIRUTE, 4 DEZ (ANSA) - Onde está o ex-presidente do Iêmen? A pergunta ecoou durante toda a manhã desta segunda-feira (4), a medida em que notícias contraditórias apareciam na imprensa mundial sobre o paradeiro e o possível assassinato de Ali Abdullah Saleh, de 75 anos. O ex-ditador anunciou no sábado o rompimento de sua aliança com os rebeldes houthis, apoiados pelo Irã, desencadeando um confronto que já deixou 125 mortes.   

Em suporte a Saleh e ao atual governo iemita, a coalizão árabe liderada pelos sauditas - maior inimigo do Irã - bombardeou durante a madrugada postos dos houthis na capital do Iêmen, Sanaa. A residência de Saleh também foi atingida durante os confrontos dessa noite. Desde então,começaram a surgir boatos sobre onde estaria o ex-presidente e se ele estaria entre as vítimas. O Ministério do Interior do Iêmen, controlado pelos houthis, anunciou a morte do ex-ditador e o chamou de "o líder da traição". Horas depois, o partido de Saleh, o Congresso Geral do Povo (CPG), também confirmou à emissora Al Jazeera a morte do político. Ele teria sido morto a tiros, em um confronto ao sul da capital com houthis, enquanto tentava fugir.   

A emissora estaval iraniana Al-Alam chegou a exibir a imagem de um corpo que seria o de Saleh. O cadáver aparece sendo carregado em um pano, com ferimentos na cabeça, rodeado por rebeldes.   

Saleh foi deposto em 2012, em meio à Primavera Árabe, após ficar 34 anos no poder. Ele anunciara recentemente o fim de sua aliança com os houthis para atuar ao lado da coalizão árabe liderada pelos sauditas.   

O Iêmen é o país com a pior crise humanitária da atualidade, de acordo com as Nações Unidas. O conflito armado local já deixou 10 mil mortos e 40 mil feridos nos últimos sete anos. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos