Rússia define VOA e Radio Liberty como agentes estrangeiros

MOSCOU, 5 DEZ (ANSA) - O governo da Rússia colocou a Radio Liberty e a The Voice of America na lista de "agentes estrangeiros", em uma clara resposta de retaliação a uma medida adotada pelos Estados Unidos contra a emissora russa RT e a agência de notícias Sputnik. De acordo com Moscou, além dos dois veículos, outros sete também foram considerados "agentes estrangeiros": kavkazr.com, krymr.com, sibreal.org, idelreal.org, factograph.info e a emissora Azatliq Radiose, que é o serviço de RFE/RL em idiomas tártaro e bashkirio, e a emissora de TV Nastoiaschee Vremia.   

Em 25 de novembro, o presidente Vladimir Putin sancionou uma lei que permite que o governo declare como "agentes estrangeiros" os veículos de imprensa que recebem financiamento do exterior. Na prática, o governo poderá vertar o acesso de jornalistas que trabalhem para os "agentes estranheiros". A nova lei tem sido vista como uma resposta da Rússia às sanções contra a RT e a Sputnik, consideradas em Washington veículos da propaganda do Kremlin. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos