Sergio Moro é alvo de protesto em Universidade de Portugal

SÃO PAULO, 6 DEZ (ANSA) - A passagem do juiz federal Sergio Moro por Portugal foi marcada por um protesto na Universidade de Coimbra na última segunda-feira (4). Parte do muro da instituição, onde o magistrado palestrou, apareceu pichada com frases contra o juiz, informou o jornal "Folha de São Paulo".   


"Vândalo é o Sergio Moro", "A Justiça é cega para os crimes do Sergio Moro", diziam as pichações.   


Moro participou de uma palestra sobre a corrupção na política e sua presença foi criticada por estudantes - tanto brasileiros como portugueses - por considerarem o método judicial do magistrado contestável.   


"Tendo em visto que os métodos de atuação no processo judicial adotados por Sergio Moro são contestados justamente no Comitê de Direitos Humanos das Organizações das Nações Unidas, a Apeb/Coimbra manifesta sua perplexidade com a escolha desse personagem para participar no evento que trate de tais temáticas na qualidade de conferencista", disse a Associação de Pesquisadores e Estudantes Brasileiros em Coimbra ao jornal "Folha de São Paulo". (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos