PUBLICIDADE
Topo

Internacional

'Nº 2' do governo britânico surpreende e anuncia demissão

20/12/2017 19h18

ROMA, 20 DEZ (ANSA) - O "número dois" do governo de Theresa May, Damian Green, anunciou sua demissão do cargo, informa a mídia do Reino Unido nesta quarta-feira (20). Ele foi envolvido no escândalo sexual após imagens pornográficas terem sido encontradas em seu computador de trabalho.   

De acordo com o jornal "The Telegraph", Green ficou sem escolha após autoridades terem descoberto que ele e seu advogado sabiam do material pornô encontrado em seu PC em 2008, na Câmara dos Comuns. Publicamente, ele sempre negou as acusações e disse não saber de quem era o material Já a "BBC" informa que, em sua carta de renúncia, ele pediu desculpas por seu comportamento. Por sua vez, May teria expressando um "profundo arrependimento" pela nomeação dele como Primeiro Secretário de Estado.   

No início desse mês, o detetive Neil Lewis deu uma entrevista em que falou sobre a operação que realizou no escritório de Green em 2008.   

"O computador estava no escritório de Green, em sua mesa. Estava conectado, tinha seu nome. Enquanto ele olhava as imagens pornográficas, estava enviando e-mails pela sua conta, lendo documentos", disse em entrevista.   

O político também estava sendo investigado por uma comissão parlamentar por "comportamentos sexuais inadequados". A denúncia contra ele partiu tanto da revelação dessa operação em 2008 como de sua postura inadequada contra a escritora Kate Maltby em 2015 e 2016.   

Ele é o segundo político do alto escalão britânico a renunciar por conta de escândalos sexuais. O ex-ministro da Defesa Michael Fallon também deixou o posto após uma jornalista revelar que o parlamentar tocou em suas pernas sem permissão. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional