Theresa May sabia de abusos cometidos por vice, diz vítima

LONDRES, 22 DEZ (ANSA) - O escândalo sexual envolvendo o vice-primeiro-ministro do Reino Unido, Damian Green, não diminuiu depois de sua renúncia. Sua vítima, a escritora Katy Maltby afirmou nesta sexta-feira (22) que a premier Theresa May estava ciente do comportamento inadequado de seu "ex-número dois" desde 2016.   

Em entrevista a imprensa local, Maltby disse que, no ano passado, Green chegou a relatar o episódio a um "colaborador sênior" da Downing Street, que revelou que May já estava ciente da situação.   

Por sua vez, a premier britânica negou conhecer o comportamento inadequado de seu "braço-direito" e afirmou que soube da denúncia ocorreu ao ler o artigo de Maltby nos jornais. Damian Green anunciou sua demissão do cargo na última quarta-feira (20) após imagens pornográficas terem sido encontradas em seu computador de trabalho. O parlamentar ficou sem escolha depois que as autoridades descobriram que ele e seu advogado sabiam do material pornô encontrado em 2008. No entanto, publicamente , ele sempre negou as acusações.   

Além disso, Green estava sendo investigado por uma comissão parlamentar por "comportamentos sexuais inadequados". A denúncia contra ele partiu tanto do caso das imagens como de sua postura contra Maltby em 2015 e 2016. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos