Número de mortos em tempestade nas Filipinas passa de 130

ROMA, 23 DEZ (ANSA) - Pelo menos 133 pessoas morreram e outras dezenas estão desaparecidas após deslizamentos e enchentes provocados pela tempestade tropical "Tembin" neste sábado (23) em Mindanau, no sul das Filipinas. O balanço foi divulgado pelas autoridades do país.   

A maior parte das vítimas foi registrada nas províncias de Lanao do norte e Lanao do Sul e na península de Zamboanga, segundo a agência filipina de proteção civil. Além disso, mais de 15 mil indivíduos foram desalojados pelo fenômeno natural, que só deve deixar o país no dia de Natal.   

"Estamos tentando verificar as notícias relativas a um vilarejo agrícola enterrado por um deslizamento de lama", disse Ryan Cabus, funcionário da cidade de Tubod.   

As correntes elétricas e as comunicações na zona foram interrompidas, complicando as intervenções de socorro. Soldados, voluntários e policiais foram mobilizados para procurar eventuais sobreviventes e limpar as ruas dos detritos.   

Depois de ter atravessado a ilha de Mindanau, "Tembin", que tem ventos de até 80 quilômetros por hora, está seguindo para a parte sul de Palawan, na direção oeste. As Filipinas são um dos países que mais sofrem com desastres naturais no mundo, já que estão na rota de tufões e em uma zona de intensa atividade sísmica. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos