Marinha escolta navio russo para fora de águas britânicas

ROMA, 26 DEZ (ANSA) - A Marinha do Reino Unido informou que escoltou um navio russo para fora de suas "águas territoriais" nesta segunda-feira (25), informou a entidade nesta terça-feira (26). De acordo com a Secretaria de Defesa, há buscas na região para verificar a presença de outras embarcações da Rússia na região.   

Segundo o governo, o HMS St. Albans, que conta com 190 marinheiros a bordo, escoltou a fragata Almirante Gorshkov. Esse foi o segundo "incidente" em menos de 48 horas. No dia 24, um navio da Inteligência de Moscou também foi escoltado para fora das águas britânicas.   

"Não hesitarei em defender nossas águas ou tolerarei qualquer forma de agressão. O Reino Unido jamais se intimidará quando tiver que proteger a si mesmo, aos seus cidadãos e aos seus interesses nacionais", disse me nota o secretário de Defesa do país, Gavin William.   

As tensões entre os dois países aumentaram após o governo britânico afirmar que navios russos poderiam cortar cabos submarinos com o objetivo de comprometer a rede de dados e comunicações do Reino Unido.   

A Rússia não se manifestou oficialmente sobre o caso. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos