PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Brasileiro é preso na Venezuela por 'associação criminosa'

30/12/2017 13h53

SÃO PAULO, 30 DEZ (ANSA) - O governo da Venezuela confirmou que prendeu um brasileiro por suposta ligação com uma "organização criminosa com tentáculos internacionais". De acordo com o "número dois" do chavismo no país, Diosdado Cabello, Jonatan Diniz era um "espião da CIA".   

O catarinense de 31 anos mora atualmente em Los Angeles e foi preso com outros três venezuelanos há cerca de três dias, no estado de Vargas. Nas redes sociais, a última postagem do brasileiro ocorreu no dia 25 de dezembro. Em diversas imagens, é possível ver ele atuando com pessoas de baixa renda e Diniz fez vários apelos para pedir dinheiro para ajudar as crianças pobres do país vizinho. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional