Papa pede 'futuro de paz' para imigrantes durante o Angelus

CIDADE DO VATICANO, 1 JAN (ANSA) - O papa Francisco celebrou nesta segunda-feira (1) o primeiro "Angelus" do ano e pediu que todos possam ajudar a garantir um "futuro de paz" para os milhões de imigrantes pelo mundo.   

O dia 1º de janeiro é considerado o Dia Mundial da Paz e, o Pontífice, definiu como tema para a data o tema "Imigrantes e Refugiados: Homens e Mulheres em busca de paz".   

"Desejo, ainda mais uma vez, ser a voz desses nossos irmãos e irmãs que invocam para si o desejo do futuro de paz. Para essa paz, que é direito de todos, muitos deles estão dispostos a arriscar a vida em uma viagem que, na grande maioria dos casos, longa e perigosa; eles estão dispostos a enfrentar o cansaço e o sofrimento", destacou.   

Ele ainda lançou um apelo aos milhares de fiéis presentes nesta segunda na Praça São Pedro.   

"Por favor, não desperdicemos a esperança no coração deles e não sufoquemos as suas expectativas de paz. É importante que todos, instituições civis, realidades educativas, assistenciais e eclesiais, se empenhem para assegurar aos refugiados, aos imigrantes, a todos, um futuro de paz. Que o Senhor nos conceda a possibilidade de atuar com generosidade para realizar um mundo mais solidário e acolhedor", disse ainda sobre o tema.   

Além de agradecer as entidades que ajudam os estrangeiros, Jorge Mario Bergoglio agradeceu a todas as instituições católicas que "fazem múltiplas iniciativas de oração e de ações pela paz". (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos