Guia supremo do Irã critica 'inimigos externos' por protestos

TEERÃ, 2 JAN (ANSA) - O guia supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, fez a primeira manifestação pública sobre a série de protestos que atingem o país desde o dia 28 e afirmou que os "inimigos do Irã reforçaram sua aliança para atingir as instituições islâmicas".   

No pronunciamento desta terça-feira (2), Khamenei não mencionou nenhum país estrangeiro em particular, mas destacou que "com os diversos instrumentos que eles têm, como dinheiro, armas, política e sistemas de segurança, os inimigos estão tentando minar o sistema" da nação.   

"Falarei com o povo sobre os recentes episódios no tempo certo", escreveu ainda no texto divulgado pelo governo. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos