Saldões começam na Itália com expectativa de boas vendas

ROMA, 2 JAN (ANSA) - O ano de 2018 começa com o tradicional "saldão de inverno" por toda a Itália e a expectativa é que os italianos gastem, em média, cerca de 150 euros em produtos até o próximo sábado (6).   

Os saldões começam na Basilicata nesta terça-feira (2), depois no Vale da Aosta (dia 3) e, a partir de sexta-feira (5), espalham-se por todas as regiões do país.   

De acordo com uma pesquisa da associação Fimos-Confesercenti, com a empresa SWG, um em cada dois italianos está disposto a gastar durante as promoções desta semana e cerca de 280 mil dos 800 mil negócios italianos devem oferecer desconto.   

Se metade dos italianos disseram que vão participar, 41% informaram que vão analisar se os descontos estão bons antes de comprar. O aumento de interesse dos consumidores também é confirmado pela previsão de gastos para a época, com um budget de 150 euros por pessoa, sendo que 86% disseram que pretendem gastar a mesma quantidade ou mais do que no ano passado.   

Conforme a pesquisa, mais da metade das lojas (56%) iniciará a promoção com descontos de 30% nos produtos, enquanto as demais optarão por descontos entre 40% e 50%.   

"Uma ocasião de economia para os clientes, mas também de vendas para as empresas - que buscam inverter a tendência após o enésimo ano fraco", disse o presidente da Fimos-Confesercenti, Roberto Manzoni.   

Já a maior associação de comércio do país, Confcommercio, informou que os saldões vão envolver 15,6 milhões de famílias, movendo cerca de 5,2 bilhões de euros no comércio.   

Em uma pesquisa própria, eles estimam que cada pessoa gastará 143 euros no período, sendo que os gastos por família ficam em 330 euros. Os itens mais desejados são peças de vestuário e sapatos e acessórios.   

Por outro lado, a principal entidade de defesa dos direitos dos consumidores, Codacons, tem uma visão mais pessimista dos saldões. Para eles, será o "enésimo fracasso" da iniciativa porque apenas 40% dos italianos estão dispostos a gastar nesse período. No entanto, eles estimam o maior budget por pessoa das três pesquisas: 168 euros. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos