Itália encontra piloto britânico morto na Segunda Guerra

RAVENNA, 04 JAN (ANS) - Um grupo de voluntários italianos encontrou em Cavarzere, a 50 quilômetros de Veneza, o corpo de um piloto britânico morto pelos nazistas em 5 de março de 1945, na Segunda Guerra Mundial.   

John Henry Coates, então com 24 anos, comandava um caça modelo Spitfire e participou do ataque a barcaças que reabasteciam as tropas alemãs no rio Ádige, que corta o nordeste da Itália. No entanto, o avião acabou derrubado pelas forças antiaéreas nazistas.   

Em outubro passado, voluntários da associação Romagna Air Finders, com sede na Emília-Romana, encontraram os destroços do caça e restos mortais que poderiam ser de Coates. Mais tarde, a entidade contatou a embaixada do Reino Unido em Roma, que confirmou a identidade do piloto.   

Coates, que estava desaparecido havia 72 anos, será sepultado no cemitério de guerra de Pádua, enquanto os destroços do Spitfire serão expostos em um museu da Romagna Air Finders. "Para nós, dar um túmulo a um piloto é sempre uma grande emoção", disse o presidente da associação, Leo Venieri, ao diário "Il Resto del Carlino".   

O trabalho de busca pelo avião durou cerca de um ano e meio. Até o momento, 14 pilotos mortos na Segunda Guerra já ganharam uma sepultura por causa da entidade, que encontrou os destroços de 33 caças, incluindo um brasileiro. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos