Sem resultado,Trump dissolve comitê sobre fraude em eleições

WASHINGTON, 4 JAN (ANSA) - O governo de Donald Trump dissolveu na noite desta quarta-feira (3) o comitê criado por ele para investigar supostas fraudes eleitorais na disputa à Presidência de novembro de 2016.   

"Apesar de evidências substanciais de fraude eleitoral, muitos estados se recusaram a prover à Comissão Consultiva Presidencial sobre Integridade Eleitoral informações básicas relevantes para seu inquérito", informou a Casa Branca em nota.   

O comunicado ainda afirma que Trump "ao invés de vez de se engajar em batalhas legais intermináveis à custa do contribuinte", assinou a "ordem executiva para dissolver a comissão" e pediu "ao Departamento de Segurança Interna para analisar essas questões e determinar os próximos passos de ação".   

O comitê foi criado em maio porque Trump afirmara que havia ocorrido fraude em vários estados durante as eleições que o levaram à Casa Branca. O magnata foi eleito por conta do Colégio Eleitoral, obtendo 304 contra 227 votos, mas perdeu para Hillary Clinton, por cerca de três milhões de votos, na disputa popular.   

Segundo o presidente, que nunca apresentou provas das fraudes, houve "cinco milhões de imigrantes" votando para a democrata sem ter documentos. No entanto, nenhum especialista que monitorou as eleições afirmou que houve irregularidades. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos