Papa faz oração pela liberdade religiosa nos países asiáticos

CIDADE DO VATICANO, 5 JAN (ANSA) - O papa Francisco pediu nesta sexta-feira (6), em uma videomensagem divulgada pelo Vaticano, que haja liberdade religiosa na Ásia. A mensagem foi incluída na "lista de intenções" da oração de janeiro.   

"Rezemos por todos eles para que, nos países asiáticos, os cristãos, bem como outras minorias religiosas, possam viver a sua fé com toda a liberdade. No diversificado mundo cultural da Ásia, a Igreja deve enfrentar muitos riscos e a sua missão torna-se ainda mais difícil pelo fato de ser minoria", disse o Pontífice no vídeo.   

Segundo Jorge Mario Bergoglio, "esses riscos, esses desafios são compartilhados com outras tradições religiosas minoritárias aos quais nos unimos em um desejo de esperança, de verdade, de santidade".   

Na oração, Francisco fez um apelo para que não sejam esquecidos todos aqueles que lutam para viver sua própria fé.   

"Quando pensamos em quantos são perseguidos pela sua religião, vamos para além das distinções de ritos ou de confissão. Nos colocamos ao lado de homens e mulheres que lutam para não renunciar à própria identidade religiosa", ressaltou ainda o líder católico.   

O tema da perseguição religiosa, especialmente contra os cristãos, é tema recorrente de discursos do sucessor de Bento XVI e atinge, especialmente, a Ásia e o Oriente Médio. Apesar dos avanços nas conversas entre o Vaticano e o governo desses países, as religiões das minorias ainda são um ponto de conflito.   

Por exemplo, na China, desde o fim da década de 1950, os católicos de Roma sofrem com as interferências do governo de Pequim dentro da instituição. No entanto, nos últimos anos - e especialmente nos Pontificados de Bento XVI e Francisco - houve uma maior aproximação, com a tentativa de que a Santa Sé possa ser a única responsável pela religião católica no país. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos