Colisão entre navios na China deixa mais de 30 desaparecidos

PEQUIM, 7 JAN (ANSA) - Um acidente envolvendo dois navios na costa leste da China deixou 32 pessoas, sendo 30 iranianos e dois bengalis, desaparecidas, informou neste domingo (7) o Ministério dos Transportes do país asiático. A colisão ocorreu ontem (6), às 20h (local) entre um petroleiro do Irã registrado no Panamá e um cargueiro de Hong Kong. Todos os desaparecidos estavam na embarcação iraniana, que pegou fogo após o acidente e derramou óleo no mar.   

O petroleiro seguia do Irã para a Coreia do Sul quando se envolveu no acidente. O cargueiro tinha 21 tripulantes chineses e todos foram resgatados.   

O acidente aconteceu no Mar Oriental da China, a 160 milhas a leste do estuário do rio Yangtsé, perto da cidade chinesa de Xangai, segundo a agência oficial de notícias "Xinhua".   

De acordo com o governo chinês, uma operação de busca está sendo realizada na região. A guarda costeira sul-coreana também enviou um navio e um avião para ajudar nos trabalhos de resgate. As causas do acidente ainda são desconhecidas. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos