Guarda Revolucionária anuncia fim de protestos no Irã

ROMA, 7 JAN (ANSA) - A Guarda Revolucionária do Irã anunciou neste domingo (7) que a onda de protestos contra o governo iraniano, iniciada na última semana de 2017, chegou ao fim. Segundo comunicado no site oficial da corporação, a culpa pela instabilidade foi atribuída aos Estados Unidos e Arábia Saudita, bem como a um grupo opositor no exílio e defensores da monarquia deposta na Revolução Islâmica de 1979.   

Nesta manhã, o Parlamento iraniano se reuniu para uma sessão especial sobre a série de protestos registrada no país, inclusive os atos a favor do governo, que estão sendo realizadas em diversas cidades.   

As manifestações anti-governo, inicialmente motivadas pelas dificuldades econômicas enfrentadas pelos jovens e pela classe trabalhadora, já deixaram 21 mortos e mais de mil pessoas presas. Os atos foram caracterizados como a maior onda de insatisfação registrada no país desde as eleições presidenciais em 2009.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos